MegaDrive no ReactOS? Yes he can!

Todos já devem ter se perguntado “será que roda jogos no ReactOS?” ou “Ele executa qualquer outro programa do XP?”. Nessa linha de raciocínio, vou mais além: Emuladores! Sim sou fanático por eles e tenho certeza que outras pessoas também são! Eles são o nosso “flashback” para os jogos antigos, os clássicos de muitos consoles!

Depois de muito fuçar e testar diversos emulators, executei testes com o emulador GENS de MegaDrive e seu resultado foi perfeito!

Detalhes:

  • Som não funciona (testes feitos em uma maquina virtual do VirtualBox com o driver de som instalado e funcionando – este driver segundo documentações do ReactOS suporta somente saída de som em 44100Hz), o emulador dá um crash no sistema com o som ativo e nessa frequência específica, em outras frequências não há crash mas também não há som e o desempenho do emulador fica muito lento;
  • Desempenho: rápido e estável (som desabilitado);
  • Testado no ReactOS 0.3.10;
  • Problemas com teclado, não suporta algumas teclas e outras uma vez pressionadas, permanecem assim para sempre (mesmo problema relatado com o Unreal Tournament).

Seguem os screenshots de algumas telas de jogos rodando.

Continue lendo

Anúncios

Quake 2 no ReactOS 0.3.10!

Nesse final de semana, realizei testes com o Quake 2 rodando no ReactOS 0.3.10, tudo em uma máquina virtual do VMWare.

Primeiras impressões:

  1. A instalação convencional não funciona (realizei testes com a versão full do Quake2)
  2. Para rodá-lo no ReactOS, primeiro instale o jogo no Windows, copie a pasta para onde você instalou o jogo para dentro de uma pasta no ReactOS, para isso eu uso o VMWare e seu montador de partições.
  3. Não esqueça de deixar o CD do Quake no drive, mesmo fazendo a instalação completa, o jogo faz referência as faixas de áudio que nele existem.

O jogo roda perfeito, com relação aos modos de vídeo, consegui realizar testes com o modo de renderização via Software e com o default OpenGL.

Usando o software Renderer, o gráfico é mais rápido, fluindo em tempo-real e jogável, porém com os gráficos muito quadrados, sem nenhuma filtragem (bilinear por exemplo) e meio sem vida.

Usando o default OpenGL, o jogo fica outro, gráficos muito bons,  com filtragem, sem pixels quadrados, porém com a velocidade comprometida. A explicação para a velocidade é óbvia, realizei os testes em uma máquina virtual e o ReactOS não possui ainda os drivers de vídeo para a placa virtual, na realidade ainda não é possível instalar o WMWare Tools.

Como ainda não há suporte no ReactOS para som no VMWare, não foi possível testar essa parte.

Só um detalhe, o jogo sofre do mesmo problema do Unreal Tournament, quando se pressiona uma tecla ou até mesmo o botão direito do mouse para atirar, a mesma permanece pressionada mesmo já tendo soltado a tecla, talvez um bug na API do ReactOS que cuida da parte de entrada (teclado, mouse, etc)

Abaixo alguns screenshoots feitos por mim, pretendo se possível realizar os mesmos testes em uma máquina real, inclusive para analisar a parte de áudio:

Continue lendo

Teste de Instalação do Second Life no ReactOS 0.3.9

Apesar de na semana passada ter sido anunciado o fim da versão brasileira do Second Life – a empresa que prestava suporte ao mundo virtual desistiu da empreitada, o mundo virtual continua na ativa e funcionando normalmente, bastando baixar o programa e instalar no computador para ter acesso ao ambiente. Como há muito tempo abandonei meu Avatar no Second Life a própria sorte – quem sabe um dia arrume alguma coisa útil para fazer com ele, aproveitei a noticia para checar as atualizações na plataforma; para isso tentei instalar o Second Life (a ultima versão disponível no site era a 1.23.4.123908) no ReactOS 0.3.9 emulado em máquina virtual VirtualBox.

Instalação

A instalação do Second Life ocorreu sem problemas, tendo sido todos os arquivos copiados para a árvore do sistema. Ao tentar iniciar o programa, é exibido mensagem de que o mesmo precisa do DirectX 9.0B ou superior, mas que pode funcionar sem, perguntando se desejaríamos continuar (a iniciar o programa). Apos a confirmação uma segunda mensagem foi exibida informando que o Second Life só funciona com resolução de 32Bits.

O executável de instalação do Second Life inicializa sem problemas no ReactOS.

Continue lendo

Análise do jogo Unreal Tournament no ReactOS 0.3.9

Apresento a vocês uma análise de um jogo antigo, anterior ao Counter-Strike, que era febre na era dos Pentium’s e K6’s da vida, o Unreal Tournament, o primeiro da série.

Este jogo é um dos primeiros que passaram a funcionar com o ReactOS. Realizei toda a análise dele na última versão do ReactOS, a 0.3.9 no VMWare, segue abaixo:

Executando o Setup do jogo.

Continue lendo

Jogos do Tux no ReactOS

Estou aproveitando a maior estabilidade apresentada pela versão 0.3.5 do ReactOS, a melhor que já testei até hoje desde a serie 2.X, para testar jogos e outros programas que ainda não havia feito teste de compatibilidade. Este é o primeiro artigo com testes com jogos; pretendo fazer mais daqui para frente.

Para os amigos que não conhecem o Tux – a maioria dos leitores do blog são usuários de Windows, o mesmo é o mascote do Linux e muito usado na divulgação dos sistemas que levam o núcleo Linux (entenda mais lendo o artigo na Wikipedia) e diversos outros programas. Um programa recreativo e dois jogos muito usados em diversas distribuições Linux e que possuem versão para Windows são o TuxPaint, SuperTux e Tux Kart. O primeiro é similar ao Paint mas em uma versão lúdica para crianças pintarem desenhos no computador – minha sobrinha de 9 anos curte muitos todos os 3 🙂 – e os dois últimos são similares aos clássicos Super Mario e Mario Kart. Continue lendo