Google Chrome no ReactOS

Nesta semana o principal assunto em todos os sites sobre tecnologia no mundo foi o lançamento do browser do Google, o Chrome, que chega ao mercado com inovações para concorrer principalmente com o Internet Explorer da Microsoft e o Firefox da fundação Mozilla. Para não ficarmos de fora, resolvemos testar a compatibilidade do Chrome com o ReactOS, afim de que nós, usuários desse sistema, também tivéssemos a oportunidade de experimentar o Chrome.

O instalador do Chrome é um arquivo de apenas 474KB, sendo os demais arquivos baixados da Internet quando o programa é instalado. A noticia ruim é de que infelizmente o teste terá que ser em outro sistema porque o instalador do Google Chrome sequer executou no ReactOS. Como o uso do ReactOS ainda é muito insipiente e não aparece nas estatísticas das ferramentas do Google, notadamente no Analytics que mede a audiência e o publico de sites de todo o mundo, não há razões para a empresa se preocupar com esta compatibilidade por enquanto.

Para nós usuários do ReactOS, por hora a melhor opção continua sendo o Firefox 2.0 para acessar a internet.

Teste de compatibilidade de hardware – Notebook HP Pavilion DV9000

Aproveitando que neste sábado um colega de pós-graduação apareceu com um modelo novo de notebook, um HP Pavilion serie DV9000, modelo DV9315EA, fiz o teste de compatibilidade de hardware com o ReactOS 0.3.6 Live – sempre ando com um CD do ReactOS Live na mochila para estas ocasiões ;-). De diferente este modelo de notebook possui placa dedicada de vídeo, uma nVidia GeForce Go 7600 de 128MB, teclado numerico separado e tela de 17″ widescreen.

A configuração básica deste notebook é:

  • Processador: Intel Core 2 Duo 2GHZ;
  • Memoria RAM: 2GB;
  • Memoria de vídeo: 128MB dedicada nVidia GeForce Go 7600;
  • Disco rígido: 02 SATA 120GB/cada;
  • Drive de DVD-RW;
  • Tela 17,1″ Widescreen.

Minha maior curiosidade com relação a este teste era devido ao modelo de notebook possuir placa dedicada de vídeo, já sendo sabido que o ReactOS em seu estagio atual de desenvolvimento possui melhor compatibilidade com computadores com vídeo dedicado do que com modelos nos quais as placas-mãe compartilham a memoria de vídeo com a memoria RAM. Até este teste em nenhum outro modelo de notebook o touchpad havia funcionado, mesmo o ReactOS tendo inicializado corretamente (leia sobre os testes anteriores aqui). Com este modelo da HP tudo funcionou perfeitamente, o hardware foi reconhecido e o dispositivo apontador, o touchpad que faz as vezes de mouse, funcionou perfeitamente. Pena ser apenas um teste rápido visto que até o momento não tive disponibilidade de um modelo de notebook para instalar o ReactOS.

Continue lendo

Teste de instalação do Dreamweaver e do KompoZer, editores de HTML

Já algum tempo estou para testar a compatibilidade de editores de HTML no ReactOS, mas estava esperando uma melhora do sistema para que o teste em si não resultasse em frustração, principalmente porque ainda sou usuário deste tipo de programa, mesmo que hoje não trabalhe mais com desenvolvimento web profissionalmente. Já utilizei o Dreamweaver quando trabalhava com desenvolvimento e na minha opinião é a melhor ferramenta para o desenvolvimento em diversas linguagens para web. Atualmente por somente desenvolver coisas básicas para uso pessoal e por uma questão de custo, utilizo o KompoZer, programa que remonta ao código fonte do Netscape Composer que foi aberto a sociedade pela Netscape, acabou no projeto NVU apoiado pela Linspire (desenvolvedora de sistema Linux comprada recentemente pela Xandros) que abandonou o projeto e que gerou a derivação (fork) atual. A maior estabilidade demostrada pela versão 0.3.6 do ReactOS e o sucesso na instalação do Abiword (leia mais aqui) foram o grande motivador deste teste; além da cobrança de uns leitores também, claro :-). Continue lendo

Teste de instalação do Abiword 2.6 e do BROffice 2.4 no ReactOS 0.3.6

O ultimo teste com programas de produtividade para escritório, os conhecidos pacotes tipo Office, foi com a versão 0.3.3 do ReactOS e de la para cá, o sistema ficou mais estável, ganhou novas funcionalidades e vários bugs foram corrigidos – segundo seus desenvolvedores. Motivos mais que suficientes para retomar alguns testes. A vontade de oferecer uma imagem customizada do ReactOS foi o segundo ponto ao refazer este teste, visto que só estava esperando a compatibilidade com um pacote de escritório para oferecer esta opção aos leitores. Neste teste voltei a testar as ultimas versões dos pacotes de escritório Abiword, na versão 2.6.4 e BROffice na versão 2.4. O Office 2007 ficou de fora por não ter conseguido fazer o download da versão demo a tempo para o artigo e devido a pouca aceitação do mesmo – a maioria das pessoas ainda estão usando a versão 2000 ou 2003, já testadas e sem sucesso.

Abiword

A espectativa em testar essa nova versão foi grande, primeiro porque de todos os pacotes testados anteriormente, o Abiword foi o único cuja instalação ocorreu sem problemas, apesar de não ter conseguido executar o programa na época. Com esta versão 2.6.4, foi diferente, não só consegui instalar o programa como o mesmo rodou sem problemas no ReactOS. A sensação de conseguir usar o ReactOS como um sistema funcional – mesmo que o sistema ainda não seja indicado para uso por estar em desenvolvimento e cheio de bugs, é indescritível, uma sensação de satisfação por poder usar algo familiar e sem restrições de qualquer tipo, seja licença ou customização – em comparação ao Windows. Continue lendo

Quick Time e Real Player no ReactOS 0.3.6

Para finalizar, por enquanto, a série de testes com players de vídeo no ReactOS, faltava testar a compatibilidade do Quick Time da Apple e do Real Player da Real Networks – no ultimo artigo testei um player alternativo para rodar os arquivos com a extensão RMVB, formato proprietário da Real Networks.

Quick Time

A versão do Quick Time testada foi a 6.0, a ultima antes do programa ser fundido no iTunes, programa que gerencia biblioteca de musica e é necessário para sincronizar o computador ao iPod, player de musica da Apple – tenho esta versão do Quick Time salvo para poder visualizar uns vídeos antigos no formato MOV.

A instalação do Quick Time ocorreu sem problemas e sem exibição de qualquer mensagem de erro, sendo neste aspecto a melhor instalação de player de vídeo que fiz no ReactOS até hoje. Mas apesar do programa inicializar normalmente, não consegui fazer com que o mesmo aceitasse qualquer comando, nenhum dos botões do player respondeu e com tentativas consecutivas o programa causava o desaparecimento do menu principal do ReactOS – algo que as vezes também acontece no Windows quando algum programa não esta executando corretamente. Continue lendo

Video no ReactOS – Parte II

Há mais de uma semana um leitor do blog enviou e-mail comentando do sucesso que obteve em rodar um pequeno vídeo, o clock.avi que vem no Windows XP, no ReactOS utilizando o MPlayer-hq, programa de código fonte aberto e que tem versões para Linux e Windows. Como no teste anterior que fiz com vários players de vídeo não obtive sucesso (leia mais aqui), fiquei meio descrente, mas disposto a realizar um novo teste com outros players não testados anteriormente. Além do MPlayer testei também o Real Alternative, pacote de codecs para rodar filmes com a extensão RMVB e que já vem com o Media Player Classic embutido em seu instalador. Os vídeos usados no teste foram vídeos promocionais pegos na Internet, um com a extensão MPG e outro em RMVB.

MPlayer

O teste com o MPlayer foi feito em varias situações diferentes para tentar reproduzir o teste feito pelo leitor do blog. Primeiro tentei executar o programa no ReactOS 0.3.6, a ultima versão recém lancada, depois na versão 0.3.5 e por ultimo na versão 0.3.6 em maquina virtual VMWare; o leitor fez o teste com o ReactOS 0.3.5 emulado na maquina virtual VirtualBox. Continue lendo

Teste com programas para gravar DVD no ReactOS 0.3.6

Para realizar o teste com o Visual Studio, tive que fazer um upgrade no computador que uso para os testes com o ReactOS já que a cópia que peguei emprestada era em DVD e o computador que uso só possuía leitor de CD. Atualizei o leitor para um gravador de DVD da Samsung e aproveitei o upgrade para testar a instalação de programas para gravação de DVD’s. Os programas testados foram o Nero 8.3.6.0 Trial, o CDBurnerXP 4.2.1.864 e o InfraRecorder 0.44 e 0.45 em suas versões instalável e portátil (portable).

Nero

Como aconteceu com o teste anterior com 2 versões do Nero (veja aqui), a versão 8 (a mais atual disponível no momento deste teste) não instalou no ReactOS; o instalador desta vez iniciou a extração dos arquivos necessários para a instalação na memoria do sistema/ou em arquivos temporários no disco, porém travou em determinado momento, às vezes simplesmente abortando a instalação sem nenhuma mensagem de erro e em outras provocando o travamento do sistema, não sendo possível a instalação do programa. Continue lendo