Curiosidades da versão 0.3.3 do ReactOS

Antes de finalizar o ciclo de testes com a versão 0.3.3 do ReactOS que consegui instalar em um computador (mais aqui), vou postar algumas curiosidades sobre o sistema que puderam ser observadas nestes quase 6 meses de uso que tenho feito do mesmo e com alguma regularidade:

  • Leitura de CD’s

Após ler um CD, o ReactOS não consegue ler outra mídia pois as informações da primeira ficam retidas na memória do sistema. Para conseguir ler um segundo CD é necessário reiniciar o computador. Continue lendo

Instalação do Firefox 2.0 e Internet Explorer 6 SP1

Decidi que até conseguir instalar outra versão do ReactOS, a 0.3.4 ou superior, em computador físico, os testes com a versão 0.3.3 continuarão a titulo de laboratório (teste de compatibilidade de programas).

Neste artigo falarei sobre a instalação de navegadores de internet no ReactOS, sejam os dois programas mais usados, o Firefox na versão 2.0 (em inglês) e o Internet Explorer 6 SP1, última versão disponibilizada pela Microsoft para download antes do programa de vantagens do Windows (WGA), que bloqueia o download do programa para cópias não autorizadas do sistema operacional. Continue lendo

Identificado padrão de erro na instalação do Adobe Acrobat Reader no ReactOS 0.3.3

Entre os testes da instalação dos programas de produtividade-escritório e do Nero, resolvi testar a instalação do Adobe Acrobat Reader que vem no CD de instalação de muitos programas e que é útil para ler manuais e tutoriais destes programas. A versão escolhida foi a 5.0 em Português, ainda uma das mais utilizadas no lugar das mais recentes (6 e 7) que costumam não ser 100% compativeis com PDF antigos. A instalação em tudo lembrou a do Adobe Photoshop feita alguns artigos atrás pois a mesma travou o sistema no mesmo ponto, a que copia entradas para o registro do sistema do ReactOS. Continue lendo

Instalação do Nero no ReactOS 0.3.3

Aproveitando que o computador que uso nos testes com o ReactOS tem um gravador de CD e diante da dificuldade em copiar os arquivos salvos neste computador para meu notebook – o ReactOS ainda não reconhece dispositivos de rede e as portas USB da placa-mãe PC-Chips 800LMR usada no computador não foram reconhecidas, decidi tentar a instalação do Nero, um dos programas de gravação de CDs e DVDs mais utilizados no Windows. Como possuo duas cópias licenciadas do programa, um CD com a versão 5.5.9.9 que veio junto com um gravador que comprei e outro CD com a versão 6.3.1.6 que veio junto com meu notebook, resolvi testar quais das duas instalariam para permitir que os arquivos editados no ReactOS fossem gravados. Continue lendo

Instalação de programas de produtividade-escritório no ReactOS 0.3.3

Como já havia iniciado este artigo no WordPress, talvez seja um dos últimos testes de instalação de programas que faço na versão 0.3.3 do sistema. Neste artigo falarei sobre o teste de instalação dos pacotes para escritório mais usados, sejam o Office da Microsoft ou o OpenOffice, além do pouco conhecido, mas também útil, Abiword. Hoje em dia a utilização de pacotes de produtividade-escritório é em minha opinião muito mais importante do que o sistema operacional instalado no computador, seja ele Macintosh, Linux, ReactOS/Windows, o que importa é como editar seus documentos, planilhas e apresentações profissionais (ou acadêmicas).

No mercado o Office da Microsoft é a refêrencia e de longe o produto dominante, sendo a versão 2003 a mais utilizada. Para o teste usei o CD da versão 2003 Standart Trial (funciona por 60 dias) que veio junto com o meu notebook adquirido a um ano atrás. A versão do OpenOffice utilizada foi a customização para o Brasil, BROffice 2.3, a última disponibilizada no site dos desenvolvedores (www.broffice.org) e que pode ser obtida gratuitamente. O Abiword testado foi a versão 2.4.6 já com os pacotes de customização para o português do Brasil. Até então pretendia testar somente estas versões, mas com os resultados desanimadores ampliei e muito as opções.

Comecei o teste com o Office 2003 e não sei porque já imaginava que o mesmo não fosse instalar – a Microsoft jamais iria permitir que um programa da empresa instalasse em outro sistema… Dito e feito, não consegui nem iniciar o arquivo de instalação do programa. Com o BROffice 2.3 o problema foi outro. Nas 3 tentativas feitas consegui instalar o programa, mas em todas elas a instalação foi errática, ora não concluindo, ora instalando completamente e criando os ícones no menu iniciar. Mas em nenhuma delas consegui rodar seus aplicativos. Com o Abiword 2.4.6 foi parecido, apesar de possuir a instalação mais ‘redonda’ dos três programas, também não consegui inicializar seus aplicativos, nem indo até o executável na pasta ‘program files ‘ (arquivos de programas) do sistema.

Instalação do BROffice 2.3 no ReactOS 0.3.3Instalação do BROffice 2.3 no ReactOS 0.3.3 concluida.

Instalação do BROffice 2.3 no ReactOS 0.3.3.

Continue lendo

Instalação de programas para edição de imagens na versão 0.3.3 – 2° Parte

Decidi retomar o teste de programas de edição de imagens feito a 1 mês atrás. Na oportunidade faltou testar um terceiro programa que não fosse o Adobe Photoshop e o Corel Draw, ao que decidi pelo GIMP que já usei profissionalmente na plataforma Linux, apesar de hoje preferir o Krita que não tem versão para Windows. Para instalar o GIMP em Windows é necessário primeiro instalar a biblioteca GTK 2+ que pode ser obtida no site oficial do projeto. Como no passado recente não tive sucesso ao instalar a biblioteca GTK 2+ em Windows 98, o objetivo era instalar o GIMP neste sistema, já imaginava que no ReactOS poderia também não ter sucesso – apesar do núcleo deste estar sendo construído para ser similar ao Windows 2000/XP e que difere da familia Windows 95/98/ME. Continue lendo

Teste duplo, instalação da versão 0.3.3 em Pentium II 333MHZ e K6-2 500MHZ com placa de vídeo dedicada

Aproveitei uns computadores recebidos para doação à ONG ReciclePC, da qual faço parte, para testar a instalação do ReactOS versão 0.3.3. O primeiro computador era um Pentium 2 333MHZ e o segundo um K6-2 500MHZ. Como ambos vieram sem memória, sem disco rígido e sem leitor de CD, utilizei o mesmo pente de memória de 64MB tipo DIMM PC100 nos dois e aproveitei o mesmo disco rígido Maxtor de 20GB padrão IDE e gravador de CD-RW LG da máquina dedicada de nosso blog (leia mais aqui).

No teste anterior com um K6-2 ficou constatado que o ReactOS não suportava o vídeo integrado da placa-mãe PC-Chips M598LMR, mas como na ocasião não dispunha de uma placa de vídeo dedicada padrão PCI, não foi possível constatar se do contrário a instalação seria bem sucedida. Neste teste foi possível tirar a dúvida porque além da placa-mãe do K6-2 ser a mesma, PC-Chips M598LMR, o computador possuía uma placa de vídeo dedicada padrão PCI de 2MB da Trident. No Pentium 2 a placa de vídeo também era dedicada, mas no padrão AGP1x e de 8MB, também da Trident. Continue lendo

Instalação de compactadores de arquivos na versão 0.3.3

Quando da instalação de programas em computadores de clientes, muitos vezes os trago salvo em arquivos compactados em um CD, sempre sendo necessário um programa utilitário para descompactá-los. Com o computador que uso nos testes com o ReactOS não tem sido diferente visto que a instalação dos programas para teste tem sido feitas por CD já que o sistema não reconheceu corretamente as portas USB da placa-mãe. Então resolvi testar a compatibilidade do 7Zip (compactador que passei a usar em meu notebook a pouco mais de 6 meses pelo fato de permitir maior compressão dos arquivos, ser de código aberto e não ficar emitido nenhuma mensagem de limitação de uso) e do Winrar (compactador que usava anteriormente e um dos mais usados na plataforma Windows) no ReactOS 0.3.3 . Continue lendo

Instalação de programas para edição de imagens na versão 0.3.3 – 1° Parte

Para o primeiro artigo deste ano, resolvi colocar em prática os testes de instalação de programas no ReactOS (versão 0.3.3) que havia prometido que faria mas que não cheguei a realizá-los até o final do ano passado. Primeiramente e devido à necessidade do uso de programas gráficos para editar as imagens para uso no blog, comecei testando versões antigas dos dois programas profissionais mais conhecidos para edição de imagens, o Corel Draw 8.0 (versão em português) e o Photoshop 7.0 (versão em inglês). Continue lendo