Revista Espirito Livre publica artigo sobre o ReactOS

Foi publicada na edição deste mês da revista Espirito Livre, reportagem sobre o ReactOS. No artigo intitulado “ReactOS: Uma alternativa real ao Windows?”, o autor Cristiano Rohling faz um retrospecto do projeto ReactOS, relata suas experiencias ao usar o sistema e traça uma visão sobre a disponibilidade do sistema em um futuro próximo. Se você leitor não conhece a revista Espirito Livre, vale a pena conferir a reportagem, as edições são gratuitas e os artigos editados por colaboradores ativos da comunidade brasileira de software livre. Para baixar a edição de agosto, clique na imagem abaixo:

Edição de agosto da revista Espirito Livre traz reportagem sobre o ReactOS.

Instalando os adicionais para convidados do VirtualBox no ReactOS 0.3.10

Nos últimos testes com o ReactOS temos utilizado mais a maquina virtual VirtualBox, devido as opções avançadas de configuração da mesma. Tanto a VirtualBox quanto a maquina virtual VMware possuem drivers para que seus dispositivos virtuais funcionem corretamente com os sistemas operacionais instalados nelas – normalmente drivers para Windows e Linux, os sistemas mais usados em virtualização. No teste de instalação do Second Life (leia mais aqui), foi relatado que os ‘adicionais para convidados’ do VirtualBox (os drivers para o sistema convidado), não instalaram, mas um leitor entrou em contato informando ser possível a instalação usando a imagem ISO que contem os drivers, disponíveis na arvore de instalação do VirtualBox que fica por padrão na pasta ‘app32’ do programa (na instalacao no Windows).

Este tutorial leva em consideração que você já tem o ReactOS instalado em uma maquina virtual VirtualBox. Caso ainda não possua, veja como criar uma no artigo Instalando o ReactOS no VirtualBox no Windows XP e no Ubuntu, parte I e II.

Montando a imagem ISO

Para poder instalar os drivers de dispositivos usando o adicional para convidados do VirtualBox, basta configurar o dispositivo de CD/DVD-Rom para montar a imagem ISO, seguindo os passos descritos abaixo:

Na janela do VirtualBox, primeiramente clique na opção Configurações.

Selecione a opção CD/DVD-ROM.

Continue lendo

Quake 2 no ReactOS 0.3.10!

Nesse final de semana, realizei testes com o Quake 2 rodando no ReactOS 0.3.10, tudo em uma máquina virtual do VMWare.

Primeiras impressões:

  1. A instalação convencional não funciona (realizei testes com a versão full do Quake2)
  2. Para rodá-lo no ReactOS, primeiro instale o jogo no Windows, copie a pasta para onde você instalou o jogo para dentro de uma pasta no ReactOS, para isso eu uso o VMWare e seu montador de partições.
  3. Não esqueça de deixar o CD do Quake no drive, mesmo fazendo a instalação completa, o jogo faz referência as faixas de áudio que nele existem.

O jogo roda perfeito, com relação aos modos de vídeo, consegui realizar testes com o modo de renderização via Software e com o default OpenGL.

Usando o software Renderer, o gráfico é mais rápido, fluindo em tempo-real e jogável, porém com os gráficos muito quadrados, sem nenhuma filtragem (bilinear por exemplo) e meio sem vida.

Usando o default OpenGL, o jogo fica outro, gráficos muito bons,  com filtragem, sem pixels quadrados, porém com a velocidade comprometida. A explicação para a velocidade é óbvia, realizei os testes em uma máquina virtual e o ReactOS não possui ainda os drivers de vídeo para a placa virtual, na realidade ainda não é possível instalar o WMWare Tools.

Como ainda não há suporte no ReactOS para som no VMWare, não foi possível testar essa parte.

Só um detalhe, o jogo sofre do mesmo problema do Unreal Tournament, quando se pressiona uma tecla ou até mesmo o botão direito do mouse para atirar, a mesma permanece pressionada mesmo já tendo soltado a tecla, talvez um bug na API do ReactOS que cuida da parte de entrada (teclado, mouse, etc)

Abaixo alguns screenshoots feitos por mim, pretendo se possível realizar os mesmos testes em uma máquina real, inclusive para analisar a parte de áudio:

Continue lendo

VLC Player 1.0.0 no ReactOS 0.3.10

Lançado no final de semana passada, a nova versão do VLC Player, um multi-tocador de áudio e vídeo em vários formatos, agora é capaz de rodar DVD de alta definição e em full HD, conforme informado no site dos desenvolvedores. Diante do sucesso da instalação da versão 0.8.0 em nosso ultimo teste (leia mais aqui), recomendado na ferramenta de downloads do ReactOS, resolvemos testar se a nova versão do player apresentaria a mesma compatibilidade com o sistema.

Instalação

A instalação em si ocorreu sem problemas, como já tem sido observado em todas as versões do programa testadas pelo blog, mas como em alguns testes anteriores, não foi possível iniciar o VLC, sendo que desta vez o mesmo provocou erro em ambas as maquinas virtuais testadas; no VirtualBox provocou o travamento da mesma gerando mensagem de erro no Windows (sistema hospedeiro do computador de teste) e na VMWare o reinicio automático da maquina virtual.

A instalação do VLC em si, foi bem sucedida.

Continue lendo

ReactOS presente na Hackmeeting 2009

Foi realizado nos dias 19 a 21 de Junho o evento Hackmeeting 2009 em Milano, Itália, que contou com a participação de desenvolvedores e entusiastas do ReactOS. E mais um evento informal como outros que acontecem na Europa com o intuito de aproximar desenvolvedores e interessados no desenvolvimento de software de código aberto.

Os participantes do evento disponibilizaram dois vídeos, onde no primeiro apresentam o estande e o sistema e no segundo, o mais interessante, uma demonstração ao vivo com um integrante jogando Quake II – com o sistema instalado em hardware físico e o áudio funcional, e o trailer do filme Matrix rodando no VLC.

Seguem os vídeos (em inglês e italiano):

Áudio e vídeo no ReactOS 0.3.10

No artigo referente ao lançamento do ReactOS 0.3.10 feito ontem (leia aqui), falamos que os desenvolvedores disponibilizaram um drive de áudio para maquina virtual VirtualBox na ferramenta de downloads disponível no ReactOS. Resolvemos então testar a compatibilidade do ReactOS 0.3.10 tanto para áudio quanto para vídeo emulando o mesmo em maquina VirtualBox e as surpresas foram muito boas, apesar de ainda haverem alguns bugs.

Primeiramente, para poder extrair o driver do arquivo executável e instalar o mesmo na arvore do ReactOS apos baixado da ferramenta de download – o arquivo fica salvo na pasta C:/Downloader, foi necessário usar o prompt de comando para mover o executável para a pasta ReactOS para extrai-lo lá, visto que pelo modo gráfico não foi possível devido a um bug conhecido do ReactOS que não permite mover arquivos entre pastas utilizando o ‘Explorer’ do sistema.

Para mover o arquivo executável com o drive afim de extrai-lo na pasta do ReactOS, foi necessario usar o prompt de comando. Para aqueles que se esqueceram dos comandos e só usar o move nome-do-arquivo nome-do-diretório: move ac97_vbox.exe C:/ReactOS.

Movido o arquivo executável com o drive, foi só extrai-lo e reiniciar o sistema para que fosse solicitado os drivers de áudio apos habilitar a opção de áudio em configurações da máquina virtual VirtualBox. Os drivers foram instalados e reconhecidos corretamente como mostram as imagens abaixo:

O assistente para instalação de dispositivos solicitou o drive de áudio e reconheceu corretamente o driver disponibilizado pelos desenvolvedores do ReactOS.

Continue lendo

Primeiras impressões do ReactOS 0.3.10

Após o lançamento nesta tarde de domingo da versão 0.3.10 do ReactOS, corremos para fazer as primeiras impressões do sistema. A impressão geral é de que esta versão é um polimento da versão anterior, a 0.3.9, esta sim uma versão que apresentou de uma vez diversas novas funcionalidades como pode ser visto no artigo de lançamento (leia mais aqui).

Como anunciado pelos próprios desenvolvedores na nota de lançamento (em inglês) desta nova versão, as maiores inovações estão na parte de reconhecimento de hardware, sendo que do lado do software foram pequenas as alterações como listaremos abaixo – os testes de hardware ficarão para um segundo momento.

Paint e CIA

Um dos novos recursos apresentados nesta nova versão do ReactOS é a disponibilização de um clone do Paint, programa que acompanha o Windows desde as versões 3.1 (do inicio dos anos 90) e apesar de muito simplório se comparado as opções mais profissionais como Photoshop, Corel Draw e Inkscape, por exemplo, ainda muito utilizado pelos usuários.

Apesar de estar 100% funcional, o Paint do ReactOS apresenta alguns bugs como não permitir desfazer alguns tracos (opção ‘CRTL Z’ não esta funcionando). Em tudo lembra o Paint do Windows ou o GNU Paint do Linux – outro clone do Paint para o mundo Linux. Continue lendo

Lançado o ReactOS 0.3.10!

Foi lançado nesta tarde de domingo, horário de Brasília, o ReactOS 0.3.10. Conforme a nota de lançamento (em Inglês), nesta versão foram implementados o suporte ao padrão Universal ATA, já sendo possível ao ReactOS reconhecer partições superiores a 8GB e discos no padrão SATA. Foi ainda implementado suporte a dispositivos USB como microfones e teclados, mas conforme aviso ainda estão instáveis e com bugs ;-). O suporte a placas de rede foi estendido ha mais de 20 modelos de diferentes fabricantes e um clone do Microsoft Paint foi introduzido.

Tentaremos postar hoje mesmo um review sobre esta nova versão.

Para os leitores que já quiserem ir testando, a pagina oficial de downloads e: http://www.reactos.org/en/download.html

OBS.: Agradecimento ao leitor Marco Aurelio Padilha que estava de olho e nos avisou do lançamento assim que o mesmo foi postado no site oficial do projeto.

Teste de Instalação do Second Life no ReactOS 0.3.9

Apesar de na semana passada ter sido anunciado o fim da versão brasileira do Second Life – a empresa que prestava suporte ao mundo virtual desistiu da empreitada, o mundo virtual continua na ativa e funcionando normalmente, bastando baixar o programa e instalar no computador para ter acesso ao ambiente. Como há muito tempo abandonei meu Avatar no Second Life a própria sorte – quem sabe um dia arrume alguma coisa útil para fazer com ele, aproveitei a noticia para checar as atualizações na plataforma; para isso tentei instalar o Second Life (a ultima versão disponível no site era a 1.23.4.123908) no ReactOS 0.3.9 emulado em máquina virtual VirtualBox.

Instalação

A instalação do Second Life ocorreu sem problemas, tendo sido todos os arquivos copiados para a árvore do sistema. Ao tentar iniciar o programa, é exibido mensagem de que o mesmo precisa do DirectX 9.0B ou superior, mas que pode funcionar sem, perguntando se desejaríamos continuar (a iniciar o programa). Apos a confirmação uma segunda mensagem foi exibida informando que o Second Life só funciona com resolução de 32Bits.

O executável de instalação do Second Life inicializa sem problemas no ReactOS.

Continue lendo