Retrospectiva 2009


Faltando menos de 3 semanas para o fim do ano e com a perspectiva de sair de férias próximo ao Natal, nesta semana comecei a fazer o levantamento do que foi notícia neste ano sobre o ReactOS e o que foi públicado a respeito do sistema no blog, para a nossa já tradicional retrospectiva do que se passou durante todo o período. Das promessas feitas na retrospectiva de 2008 (leia mais aqui), consegui cumprir parcialmente algumas, mais teste com hardware, e outras cumpri dentro do que havia proposto, mais artigos especiais sobre instalação e configuração do sistema. A qualidade das imagens disponibilizadas no blog melhoraram e a montagem de um novo computador de testes se mostrou um fracasso. Da parte do projeto ReactOS, não foi neste ano de 2009 que entramos na série 0.4 que era prometida como Beta, mas foi remarcada como Alpha – Beta será a partir da série 0.5.

Versões do sistema

Neste ano de 2009 os testes se concentraram basicamente em três versões do ReactOS, a 0.3.8, 0.3.9 e 0.3.10. Uma grande evolução do sistema foi percebida na versão 0.3.9, onde recursos como o ReactX e a possibilidade de configurar o áudio com um drive disponibilizado para máquina virtual VirtualBox, elevaram os ânimos dos defensores do projeto. Para preencher o vácuo do atraso entre o lançamento de versões, testei também versões Trunk Build (versões de teste do sistema) para relatar o que estava sendo desenvolvido para versões futuras.

Versões testadas:

Teste com a versão 0.3.8;
Teste com a versão 0.3.9;
Teste com a versão 0.3.10;
Teste com a versão Trunk Build 39199;
Teste com a versão Trunk Build 40257;
Teste com a versão Trunk Build 44341.

Teste de compatibilidade de hardware – Desktops

Apesar da promessa e o do interesse em intensificar o teste de compatibilidade com computadores, os mesmos se mostram muito mais difíceis de serem realizados do que com notebooks, por exemplo, devido a variedade de componentes, a dificuldade em adquiri-los e tempo para dedicar a montagem dos mesmos. Ainda não consegui a simpatia dos leitores para contribuir com esta tarefa nem a de site dedicados a hardware ou de fabricantes – tentei contato com diversos fabricantes de computadores do pais sem sucesso. Mesmo assim fiz alguns testes durante o ano, todos eles na tentativa em vão de montar um PC para rodar só o ReactOS.

Testes realizados:

Montando um computador para o ReactOS – Parte I;
Montando um computador para o ReactOS – Parte II;
Montando um computador para o ReactOS – Última parte.

Teste de compatibilidade de hardware – Netbooks/Notebooks

Realizar testes com notebooks se mostraram mais fáceis devido à possibilidade de rodar um Live CD sempre que encontrei um notebook novo ou com algum recurso interessante disponível – como trabalho com TI, sempre encontro com pessoas que estão com os mais variados modelos. Um dos pedidos recorrente dos leitores foi o teste com netbooks, notadamente com o modelo eeePC da ASUS que se mostrou não compatível com o ReactOS. Diante do primeiro teste com netbook sem sucesso, entramos em contato com a Intel (agradecemos a atenção da Sulamita Garcia), ao que um representante da empresa havia se comprometido a testar o ReactOS em netbooks e nos passar os resultados dos testes com o sistema. No ultimo contato com o Daniel Valfre (a quem também agradecemos a atenção), o mesmo havia testado a versão Live CD do ReactOS 0.3.10 com os modelos Acer Aspire One e Samsung NC10 também sem sucesso, se comprometendo a tentar instalar através de um dispositivo externo (USB ou Drive de CD) em diversos outros modelos. Estou no aguardo deste retorno para publicar o resultado aos leitores. Para dizer que nem todos os testes fracassaram, fiquei surpreso ao ver o ReactOS instalar e rodar perfeitamente em um notebook IBM ThinkPad Pentium II, assim como em modelos mais novos como o Z80 da Positivo Informática.

Testes em netbooks/notebooks:

IBM ThinkPad 600;
Positivo Mobile Z80;
ASUS eeePC 701 Surf;
Lenovo IdeaPad 3000 G530.

Teste de compatibilidade de programas

Durante todo o ano vários testes foram realizados com os mais diversos programas. Uma solicitação constante dos leitores era o de testes com jogos, cujo pedido foi atendido com a inclusão do DnlWild no quadro de autores do blog. De leitor a colaborador do blog, DnlWild passou a realizar e publicar o resultado de seus testes com rede e jogos com o ReactOS. Alguns testes comparativos foram refeitos para acompanhar a evolução do sistema, caso dos testes com navegadores para Internet e mensageiros instantâneos.

Testes com editores de textos:

BROffice 3.0 x Microsoft Office 2007;
IBM Lotus Symphony 1.2.

Teste com navegadores para Internet:

Google Chrome 2.0 Beta X Internet Explorer 8 X Firefox 3.1 Beta 3.

Teste com mensageiros instantâneos:

Windows Live Messenger 2009 X Skype 4.0 X ICQ 6 X GTalk 1.0 X Emesene 1.0.1.

Teste com players de áudio e vídeo:

VLC 1.0.0.

Teste com jogos:

Unreal Tournament;
Second Life;
Quake 2;
Emulador e jogos de Mega-Drive.

Artigos especiais

Chamo de artigos especiais aqueles feitos para mostrar ou ensinar detalhadamente o funcionamento ou a instalação de um programa ou recurso. O que deu o maior trabalho para ser redigido e que causou maior repercussão foi o que ensinou como criar uma maquina virtual VirtuaBox e instalar o ReactOS nela, seja usando o Windows ou o Ubuntu. O artigo sobre áudio no ReactOS mostrou que com um pouco de trabalho já é possível ter som no sistema. DnlWild mais uma vez colaborou com uma análise criteriosa sobre a parte de rede do ReactOS.

Artigos:

Instalando o ReactOS no VirtualBox no Windows XP e no Ubuntu;
Teste de rede;
Configurando o áudio no ReactOS no VirtualBox;
Instalando os drivers do VirtualBox no ReactOS.

Eventos, Premiações e Publicações

Podemos classificar o ano de 2009 como a ano de maior exposição do projeto ReactOS na mídia, visto a participação dos desenvolvedor e colaboradores do projeto em eventos, citações do projeto em premiações e divulgação sobre o ReactOS em publicações. Quanto mais o projeto for conhecido, mas irão falar do mesmo e mais rápido o desenvolvimento irá ocorre devido a ajuda de voluntários e o interesse de empresas. Neste ano tivemos a divulgação do projeto em dois eventos europeus – o FOSDEM e o Hackmeeting, o sistema foi indicado a finalista em premiação do site SourgeForge e a revista Espírito Livre publicou um artigo (reproduzido na integra aqui no blog com autorização do autor – agradecimentos ao Cristiano Rohling e aos editores da revista Espírito Livre) sobre a história e evolução do sistema.

Eventos:

FOSDEM 2009;
Hackmeeting;

Premiações:

Indicação no Community Choice Awards 2009.

Publicações:

Publicação sobre o ReactOS na revista Espírito Livre.

Conclusão

Apesar dos altos e baixos, continuei com o trabalho de divulgar e acompanhar o projeto ReactOS neste ano que já está terminando. O blog teve menos atualizações em alguns períodos e isso foi devido à dificuldade de conciliar compromissos profissionais e a manutenção do blog, ao que para o ano que vem pretendemos reforçar meu poder de persuasão para aliciar novos autores para o mesmo – se você, leitor assíduo do blog, testa constantemente o sistema, gosta e escreve bem, entre em contato conosco para fazer parte dos autores de artigos do blog!

Para o ano de 2010 as promessas continuam as mesmas, mais testes com hardware e programas, mais artigos especiais sobre o sistema, além de tentar nos fazer participe em mais eventos de software livre para divulgar o ReactOS no país.

One thought on “Retrospectiva 2009

  1. ôpã!
    Bão demais?

    Sempre recomendei teu blog! (sim, sou fã do trabalho de vcs!), e sou fã do RoS.
    Por meio desse – e já com os olhos em 2010 – gostaria de sugerir que fosse acompanhado o trabalho do pessoal do RoS sob a perspectiva do PE (pre-installed enviroment) – projeto WinBuilder.

    Mais uma vez os parabenizo pelo trabalho e pela batalha que é perseguir o desenvolvimento de um S.O.

Os comentários estão desativados.