Nova rodada de testes com mensageiros instantaneos no ReactOS


O ultimo teste de compatibilidade de programas tipo mensageiros instantâneos realizados com o ReactOS foi com a versão 0.3.4 (leia mais aqui) sendo que depois deste teste já foram lancadas mais quatro versões do sistema – atualmente na versão 0.3.8 e próximo do lançamento da 0.3.9 agora no inicio de Abril. Este tempo foi suficiente para verificarmos novamente agora como anda a compatibilidade deste tipo de programa com o ReactOS. Como o sistema ainda não reconhece placas de rede, o teste foi feito com a mesma maquina virtual do artigo sobre instalação do ReactOS no VirtualBox. A maquina virtual estava com a rede configurada como NAT (saiba sobre configuracao NAT na Wikipedia), utilizando a configuração da Internet do notebook que utilizo nos testes do blog.

Neste teste foram usados os mensageiros instantâneos mais populares, o Windows Live Messenger na versão 2009, Skype 4.0, ICQ 6.0 em português e GTalk 1.0.0.104, alem de um mensageiro alternativo sugerido por um leitor no ultimo teste, o ‘Emesene’.

Windows Live Messenger 2009

Como já esperado, o Live Messenger 2009 não instalou no ReactOS. A diferença para o ultimo teste é que ao menos desta vez foi exibido uma mensagem de erro, ao contrario do ultimo teste onde nem sequer o instalador pode ser iniciado, não reportando nenhuma mensagem.

Desta vez o Windows Live Messenger emitiu mensagem de erro ao tentar instalar o mesmo no ReactOS.

Skype 4.0

No teste anterior não conseguimos iniciar o instalador do Skype, o mesmo emitia mensagem de erro de alocação de memoria. Nesta nova versão 4.0, o instalador é um programa de apenas 2MB que baixa os demais arquivos necessários para a instalação da Internet. Desta vez foi possível executar o instalador, mas o mesmo não conseguiu se conectar aos servidores da empresa para concluir a instalação. Pensando tratar-se de algum problema temporário, repeti o teste em dias diferente e sempre com o mesmo resultado. Por algum motivo o instalador não aceitou a rede NAT do VirtualBox.

Desta vez o instalador do Skype iniciou corretamente,

tentou baixar os arquivos necessários para concluir a instalação da Internet,

mas não conseguiu e abortou a instalação.

ICQ 6.0

Dos mensageiros aqui testados, o ICQ foi o único que não sofreu upgrade de versão desde o ultimo teste – foi lancada uma versão mais nova mas a mesma ainda não esta disponível em português, ao que resolvemos manter a mesma versão para medir a evolução de compatibilidade com o ReactOS. A maior curiosidade seria se o ICQ repetiria a mensagem de erro de que o sistema operacional não era suportado, como aconteceu no ultimo teste, mas a mensagem de erro desta vez foi diferente, referente a versão do Windows Server 2003 Service Pack 1 (?). Neste caso fica patente que as evoluções do ReactOS ainda não conseguem implementar as funcionalidades do Windows para que os programas feitos para esta plataforma sejam compatíveis com o sistema.

Nova mensagem de erro não permite a instalação do ICQ 6.0 no ReactOS 0.3.8.

GTalk 1.0.0.104

Pouco conhecido e usado mais pelos usuários do GMail, o comunicado do Google no ultimo teste até instalou corretamente no ReactOS, mas não foi possível iniciar o programa. A única diferença desta vez é que ao tentar iniciar o programa é exibido uma mensagem de erro de que ocorreu um problema com o GTalk e que o mesmo seria fechado, perguntando se desejaríamos informar o Google do erro – claro, quem sabe assim eles não se interessam pelo ReactOS e liberam uma verba para o desenvolvimento do sistema?

Como no teste anterior, o GTalk instalou corretamente

Assistente de instalação do GTalk concluído.

Mensagem de erro ao tentar iniciar o GTalk.

Emesene 1.0.1

Não conhecia este mensageiro instantâneo de código aberto, feito para ser uma opção ao Windows Live Messenger assim como o aMSN testado no artigo anterior. Seguindo a indicação de um leitor, resolvi testar mais esta opção na esperança de conseguir usar um mensageiro instantâneo no ReactOS. Infelizmente não sera dessa vez que usarei o programa visto que o mesmo apesar de instalar corretamente no ReactOS, não iniciou, alem de causar tela ‘azul da morte’ nas varias tentativas de rodar o mesmo.

A instalação do Emesene ocorreu sem problemas,

porem ao tentar iniciar o programa,

o mesmo causa tela azul da morte relacionado ao arquivo win32k.sys do sistema.

Conclusão

Não foi neste segundo teste com os mensageiros instantâneos mais usados na plataforma Windows que tivemos sucesso no uso de um deles no ReactOS. Sim, ‘nosso’ sistema não esta pronto e é normal que neste estagio nada funcione a contento. Esperarei a evolução natural do ReactOS para realizar um terceiro artigo com o mesmo tema; até la o leitor tem sugestão de mais algum mensageiro instantâneo que não foi testado nem no primeiro artigo, nem neste?

Anúncios