Montando um computador para o ReactOS – Parte I


Como a montagem de um novo computador para uso para os testes do blog era um dos compromissos por mim assumidos para 2009 (leia mais aqui), nesta ultima semana me dediquei a pesquisar os componentes que poderiam ser usados em uma nova maquina. Como o ReactOS ainda não esta em sua versão final, não me senti encorajado a investir em um computador novo, Core 2 Duo, para ser usado para os testes. Decidi procurar por computadores com 2 a 3 anos de uso mas com um hardware relativamente atual para ser usado. A primeira escolha recaiu sobre a placa-mãe, tinha que ser um modelo que não possuísse vídeo compartilhado, visto que de todos os testes feitos pelo blog, os computadores que tinham vídeo dedicados se mostraram mais compatíveis. Achei no Jornal Balcao o anuncio de um gabinete padrão ATX 04 baias com fonte de 400W, placa-mãe ASUS A7V8X-X, processador AMD Athlon XP 1900+ (1.6GHZ) com cooler e julguei ser uma boa maquina. O conjunto custou a pechincha de R$140,00. Como a torre veio sem drive de disquete, disco óptico e disco rígido, aproveitei o leitor de disquete da Mitsumi e o gravador de DVD da Samsung da maquina anterior. A placa-mãe ASUS A7V8X-X não possui porta padrão SATA e como o ReactOS ainda não reconhece este padrão de interface, de qualquer forma a preferencia seria o padrão IDE para o disco rígido. Utilizei um modelo de disco rígido da Samsung, SP1203N, de 120GB de capacidade que já possuia e também 02 pentes de memoria padrão DDR400 de 256MB cada, totalizando 512MB, que tinha em casa. A idéia é adquirir uma placa de vídeo no padrão AGP 8X de no minimo 128MB para testar a compatibilidade do ReactOS com jogos atuais, sempre uma solicitação recorrente de vários leitores. Como precisava testar o funcionamento do computador e ainda não havia adquirido uma placa no padrão AGP, utilizei uma placa de vídeo no padrão PCI de 2MB que tinha guardada para o teste. O Windows XP reconheceu todo o hardware e o computador estava funcionando corretamente.

Desktop Athlon XP 1.6GHZ que esta sendo montado para os testes do blog.

O desktop adquirido, mesmo usado, apresenta boa aparência. No detalhe a placa de vídeo PCI de 2MB da Cirrus Logic.

Sinal amarelo

Verificado o funcionamento do computador com o Windows XP, decidi testar a compatibilidade do mesmo com o ReactOS 0.3.7, mesmo ainda não tendo adquirido a placa de vídeo no padrão AGP. Mantive a placa de vídeo no padrão PCI de 2MB, modelo Cirrus Logic 5446BE que utilizei no teste com o Windows. Primeiramente fiz o teste com a versão Live CD do ReactOS 0.3.7 e para minha frustração o sistema não reconheceu o vídeo apos ser carregado na memoria; sinal amarelo! Com a versão de instalação do ReactOS 0.3.7 obtive melhor sucesso, mas o sistema apesar de dar vídeo, não reconheceu o mesmo corretamente, sendo que também não consegui ajustar as configurações, ao tentar era emitida mensagem de erro de alocação de memoria no sistema – o vídeo não é dedicado?

A versão Live CD do ReactOS 0.3.7 carrega na memoria...

...mas depois não da vídeo.

Com a versão de instalação do ReactOS 0.3.7 o sistema reconhece a placa de vídeo, mas não configura a resolução corretamente.

Ao tentar alterar a resolução de vídeo do sistema é emitido mensagem de erro de alocação de memoria.

Dois sinais amarelos!

Procurei em minhas ‘pecas legadas’ e achei outra placa de vídeo, também PCI e de 2MB, mas da Diamond, modelo Steath S3 Vision 964. Resolvi repetir o teste usando as versões Live e de instalação do ReactOS 0.3.7. Para minha decepção além da versão Live não dar vídeo, a versão instalada no disco rígido não conseguiu inicializar depois de instalada, apresentado tela azul com mensagem de erro de driver de vídeo. Repeti o mesmo teste 3 vezes e com o mesmo resultado.

Com a placa de vídeo PCI modelo Stealth S3 Vision da Diamond o ReactOS 0.3.7 da tela azul.

As placas de vídeo utilizadas neste primeiro teste com o novo computador do blog. A menor é o modelo da Cirrus Logic e a maior da Diamond.

Conclusão

Montar uma maquina para o ReactOS, sistema operacional ainda em desenvolvimento, me fez lembrar da época em que se escolhia a dedo as pecas para montar um computador que fosse rodar o Linux. Comecei a usar o Linux lá pelos idos de 2004 (Kurumin versão 2.X) e atesto que de lá para cá muitas coisas mudaram nestes últimos 5 anos. Hoje sou usuário do Ubuntu 8.04 (além do Windows XP, meu sistema principal) e estes problemas de compatibilidade quase não existem mais. Por isso acredito que para o ReactOS também é uma questão de tempo até que o sistema se torne compatível com a grande maioria dos componentes comuns a muitos computadores, bastando para isso que o desenvolvimento do sistema tenha continuidade, ao que cabe a nós, como grandes interessados, contribuir para o projeto para que isso aconteça.

Nos próximos dias estarei adquirindo uma placa de vídeo no padrão AGP, a mais forte candidata é uma nVidia GeForce FX5200 que esta com bom preço, para testar a compatibilidade total da placa-mãe ASUS A7V8X-X com o ReactOS. Caso o conjunto seja aprovado, o ‘novo’ computador do blog estará montado. Do contrario partirei para a escolha de outro modelo de placa-mãe.

Anúncios

6 thoughts on “Montando um computador para o ReactOS – Parte I

  1. Ainda acho muito cedo mas para uma versão alfa o Reactos vem cumprindo bem sua missão que é a compatibilização com a tecnologia NT presente no Windows NT, Windows 2000 e XP… ele se tornará beta assim que atingir 75% de compatibilidade do seu Kernel com o do Windows. acho que sera na Versão 0.5 como diz no site do Reactos, e tiro o XP de vez daqui e dos meus clientes… (só na versão 1.0 HEHE)

  2. Há uma grande diferença de um sistema operacional como o Linux(que usou como Base o MINIX, e evoluiu junto a tecnologia), para um sistema que é uma “implementação reativa” como o nome já diz, de um sistema operacional proprietário. O ReactOS nunca vai atingir um grau de maturidade de 75% de compatibilidade com o Windows…(não estou pagando-pau pro Windows, mas o React, não implementa nada NOVO…ele só reinventa a roda)….

  3. Dos programas da Adobe testados ate o momento, tanto o Acrobat quanto o Photoshop nao instalaram em versoes anteriores do ReactOS. Mais para frente os testes serao refeitos, mas por hora voce pode conferir nestes links: /identificado-padrao-de-erro-na-instalacao-do-adobe-acrobat-reader-no-reactos-033/ e /instalacao-de-programas-para-edicao-de-imagens-na-versao-033-1-parte/

  4. Tiao,

    Você quiz dizer que “o Reactos nunca vai atingir um grau de maturidade de 75% de compatibilidade com o Windows…”

    Concordo com você(exceto pela palavra nunca), mas concordo com você em relação a versão atual do Windows(Hoje Windows Vista), o detalhe que você não está considerando é que o projeto Reactos, busca compatibilidade com o Windows NT / XP e não com a versão “mais atual” do windows, outra coisa que você não leva em consideração é que após a versão se tornar beta e o uso do sistema aumentar a tendencia é que o número de desenvolvedores também aumente e pode se chegar a um momento como hoje está acontecendo com o Internet Explorer versus padrão W3C, o Windows que não vai acompanhar o desenvolvimento e não o Reactos. 🙂

  5. A primeira vez que vi falar sobre o React me animei, mas ele é alfa já faz alguns anos. Todas as vezes que o testei vi que ele é altamente bugado, então, desisti.

Os comentários estão desativados.