Teste de instalação do Abiword 2.6 e do BROffice 2.4 no ReactOS 0.3.6


O ultimo teste com programas de produtividade para escritório, os conhecidos pacotes tipo Office, foi com a versão 0.3.3 do ReactOS e de la para cá, o sistema ficou mais estável, ganhou novas funcionalidades e vários bugs foram corrigidos – segundo seus desenvolvedores. Motivos mais que suficientes para retomar alguns testes. A vontade de oferecer uma imagem customizada do ReactOS foi o segundo ponto ao refazer este teste, visto que só estava esperando a compatibilidade com um pacote de escritório para oferecer esta opção aos leitores. Neste teste voltei a testar as ultimas versões dos pacotes de escritório Abiword, na versão 2.6.4 e BROffice na versão 2.4. O Office 2007 ficou de fora por não ter conseguido fazer o download da versão demo a tempo para o artigo e devido a pouca aceitação do mesmo – a maioria das pessoas ainda estão usando a versão 2000 ou 2003, já testadas e sem sucesso.

Abiword

A espectativa em testar essa nova versão foi grande, primeiro porque de todos os pacotes testados anteriormente, o Abiword foi o único cuja instalação ocorreu sem problemas, apesar de não ter conseguido executar o programa na época. Com esta versão 2.6.4, foi diferente, não só consegui instalar o programa como o mesmo rodou sem problemas no ReactOS. A sensação de conseguir usar o ReactOS como um sistema funcional – mesmo que o sistema ainda não seja indicado para uso por estar em desenvolvimento e cheio de bugs, é indescritível, uma sensação de satisfação por poder usar algo familiar e sem restrições de qualquer tipo, seja licença ou customização – em comparação ao Windows. Mas como nem tudo é perfeito, apesar de conseguir executar o programa e editar documentos, não consegui salva-los, sendo o problema de gravar dados na arvore do ReactOS um bug conhecido do sistema e ainda não resolvido.

O Abiword 2.6.4 instalou com sucesso no ReactOS 0.3.6 sendo possível editar documentos normalmente, porem não consegui salvar os documentos criados por um bug conhecido no sistema.

BROffice

Diante do sucesso da instalação do Abiword, achei que o mesmo se repetiria com BROffice, mas neste aspecto houve um retrocesso em relação ao teste que realizei anteriormente porque desta vez não consegui instalar o programa. No teste anterior, havia conseguido instalar, mas não executar o BROffice. Neste teste não foi possível sequer instalar o BROffice, sendo que todas as tentativas ocasionaram tela azul.

Todas as tentativas de instalar o BROffice 2.4 terminaram em tela azul.

Conclusão

A possibilidade de usar um editor de texto no ReactOS é um grande passo para a adoção do sistema em um futuro próximo. Quanto maior for a compatibilidade com os programas os quais já estamos acostumados a usar, maior será o sucesso do mesmo.

Anúncios