Como instalar o ReactOS – Parte II – Emulando o ReactOS no VMWare


Diferentemente da imagem do ReactOS feita apartir do Qemu (leia mais aqui), onde podemos rodar o sistema diretamente do arquivo baixado no site oficial do projeto, a imagem do ReactOS feita em máquina virtual VMWare requer a instalação de um aplicativo (programa), para que a mesma possa ser inicializada/usada. Você pode baixar o VMWare Player, versão gratuita do programa e que permite rodar a imagem diretamente no site da empresa (acesse aqui). Feita a instalação do VMWare Player e baixado o arquivo contendo a imagem do sistema no site oficial do projeto, basta descompactar (para isso você vai precisar de um descompactador como o 7-Zip) o arquivo e na janela principal do VMWare selecionar a opção ‘Open’ e selecionar o arquivo ‘ReactOS.vmx’ na pasta onde o mesmo foi extraido.

Tela do VMWare Player.

Tela principal do VMWare Player.

Por ser um produto comercial com alguns anos de estrada, o VMWare oferece atualmente mais recursos que o Qemu, além de possuir um desempenho melhor quando um sistema é emulado. Com o VMWare é possível utilizar o drive de CD do computador além da conexão a Internet existente – ambos os recursos são identificados automaticamente.

Disposição do menu iniciar no ReactOS 0.3.3.

ReactOS rodando em máquina virtual VMWare.

Sugestão

Para aqueles que saibam como instalar programas no Windows, fica a dica para usar a imagem do ReactOS feita em máquina virtual VMWare, pelo melhor desempenho do conjunto. Dá até para testar em um computador mais fraco com processador de 800MHZ com 256MB de memória RAM, desde que não se use mais aplicativos/programas quando for rodar a máquina virtual VMWare.

Anúncios