Instalação do Nero no ReactOS 0.3.3


Aproveitando que o computador que uso nos testes com o ReactOS tem um gravador de CD e diante da dificuldade em copiar os arquivos salvos neste computador para meu notebook – o ReactOS ainda não reconhece dispositivos de rede e as portas USB da placa-mãe PC-Chips 800LMR usada no computador não foram reconhecidas, decidi tentar a instalação do Nero, um dos programas de gravação de CDs e DVDs mais utilizados no Windows. Como possuo duas cópias licenciadas do programa, um CD com a versão 5.5.9.9 que veio junto com um gravador que comprei e outro CD com a versão 6.3.1.6 que veio junto com meu notebook, resolvi testar quais das duas instalariam para permitir que os arquivos editados no ReactOS fossem gravados.

Iniciei o teste pela versão mais antiga, a 5.5.9.9 que só dá suporte a gravação de CDs (não suporta DVDs). O instalador foi inicializado corretamente, porém não conseguiu continuar a instalação – mas desta vez o sistema não travou. Passei para a instalação da versão 6.3.1.6, mas não consegui sequer iniciar o instalador e o teste não pode ser concluído.

Instalação do Nero Express 5.5.9.9 no ReactOS 0.3.3.

Tentativa de instalação do Nero 5.5.9.9 no ReactOS 0.3.3

Conclusão

Pode parecer absurdo, mas a forma que tenho encontrado para copiar os poucos arquivos que edito no ReactOS para meu notebook tem sido retirar o disco rígido do desktop, colocá-lo em uma case/gaveta externa e conectar no notebook pela porta USB.

Farei nova tentativa de instalação de outros programas para gravação de CD. Assim que tiver concluido, posto os resultados.

Anúncios

3 thoughts on “Instalação do Nero no ReactOS 0.3.3

  1. Poh. Legal seus testes. Não desanime. O SO ainda é um feto. Continue postando seus testes. São importantíssimos.

  2. É isso aí! Continue com os testes! Eu ingressei a pouco tempo na equipe e em breve irei propor novos papéis de parede para embelezar o ReactOS! Aguarde! rs

  3. Ola, tudo bem?
    Estava lendo seu artigo sobre a instalacao do nero no ReactOS. Acho interessante testar tb programas gratis (e bons) como o Infrarecorder (que é pequeno), que ainda por cima segue a politica opensource. 🙂
    Segue o site, pra facilitar, caso deseje dar uma olhada.

    http://infrarecorder.sourceforge.net/

    Fica aqui registrada a idéia.

Comentários encerrados.