Teste duplo, instalação da versão 0.3.3 em Pentium II 333MHZ e K6-2 500MHZ com placa de vídeo dedicada


Aproveitei uns computadores recebidos para doação à ONG ReciclePC, da qual faço parte, para testar a instalação do ReactOS versão 0.3.3. O primeiro computador era um Pentium 2 333MHZ e o segundo um K6-2 500MHZ. Como ambos vieram sem memória, sem disco rígido e sem leitor de CD, utilizei o mesmo pente de memória de 64MB tipo DIMM PC100 nos dois e aproveitei o mesmo disco rígido Maxtor de 20GB padrão IDE e gravador de CD-RW LG da máquina dedicada de nosso blog (leia mais aqui).

No teste anterior com um K6-2 ficou constatado que o ReactOS não suportava o vídeo integrado da placa-mãe PC-Chips M598LMR, mas como na ocasião não dispunha de uma placa de vídeo dedicada padrão PCI, não foi possível constatar se do contrário a instalação seria bem sucedida. Neste teste foi possível tirar a dúvida porque além da placa-mãe do K6-2 ser a mesma, PC-Chips M598LMR, o computador possuía uma placa de vídeo dedicada padrão PCI de 2MB da Trident. No Pentium 2 a placa de vídeo também era dedicada, mas no padrão AGP1x e de 8MB, também da Trident.

A configuração completa dos computadores testados eram:

– Computador K6-2:

  • Placa-mãe PC-Chips M598LMR. Este modelo de placa-mãe possui 02 slot tipo PCI, conectores (rabichos) para porta serial e paralela, rede RJ-45, áudio, modem e vídeo integrados.
  • Processador AMD K6-II soquete 7 de 500MHZ;
  • 01 pentes de memória RAM do tipo DIMM PC 100 de 64MB;
  • Placa de vídeo dedicada padrão PCI marca Trident de 2MB;
  • Disco rígido Maxtor de 20GB de capacidade padrão IDE;
  • Disco ótico LG tipo Combo, grava CD e lê DVD;
  • Drive de disquetes não disponível;
  • Monitor Hyundai de 14″ SVGA;
  • Teclado generico padrão ABNT/2 e
  • Mouse serial genérico.

Computador K6-2 500MHZ.

– Pentium 2

  • Placa-mãe A-Trend ATC6130. Este modelo de placa-mãe possui 01 slot AGP 1/2x, 03 slot tipo PCI, 01 slot tipo ISA. Esta placa-mãe não possui nenhum recurso de áudio, modem, rede ou vídeo integrados.
  • Processador Intel Pentium 2 MMX 333MHZ, tipo slot;
  • 01 pentes de memória RAM do tipo DIMM PC 100 de 64MB;
  • Placa de vídeo dedicada padrão AGP1x marca Trident de 8MB;
  • Disco rígido Maxtor de 20GB de capacidade padrão IDE;
  • Disco ótico LG tipo Combo, grava CD e lê DVD;
  • Drive de disquetes não disponível;
  • Monitor Hyundai de 14″ SVGA;
  • Teclado generico padrão US Internacional e
  • Mouse serial genérico.

Computador Pentium 2 333MHZ.

Teste
Comecei o teste pelo K6-2 para sanar a duvida com relação à compatibilidade do ReactOS 0.3.3 com a placa de vídeo PCI na placa-mãe M598LMR. A instalação do sistema foi concluída normalmente, porém depois de carregar o sistema operacional a tela do monitor ficou preta, mesmo suas luzes indicadoras estando em tom verde – normalmente e na maioria dos monitores quando o vídeo falha a cor fica laranja (vejam as fotos). Instalação bem sucedida, mas sem vídeo. Neste modelo de placa-mãe da PC-Chips ficou claro que mesmo o recurso de vídeo integrado estando desabilitado no setup e uma placa dedicada espetada em um slot PCI vago, o sistema não consegue se fazer ‘ver’.

Monitor com os leds verdes acessos e sem video.

Passando ao teste do Pentium 2, depois de instalado o sistema no disco rígido e o mesmo reiniciado pela primeira vez, fomos brindados com a imagem do início do sistema – aguardem o vídeo para breve. Neste caso ficou comprovado que como a placa-mãe do computador que temos disponível de forma dedicada para os testes do blog, uma PC-Chips M800LMR (que também não possui vídeo integrado), o ReactOS funciona sem problemas.

Conclusões

Deste teste tiramos duas conclusões, a primeira é de que no estágio atual de desenvolvimento o ReactOS não é capaz de lidar com o vídeo integrado das placas-mãe M598LMR da PC-Chips, mesmo o recurso estando desabilitado no setup e com placa dedicada em uso. Segundo, que em placas sem vídeo integrado como as PC-Chips M800LMR e A-Trend ATC-6130 com placa de vídeo dedicada da Trident, o sistema reconhece o hardware de vídeo sem problemas.

Acredito que para uma conclusão definitiva falta testar outros modelos de placas-mãe com vídeo integrado (da PC-Chips e de outras marcas) e outras placas de vídeo de fabricantes diversos nas placas-mãe já aprovadas. O primeiro teste vai ser mais tranquilo, pois assim que novos computadores forem sendo entregues na ONG que participo, irei testando-os com relação à compatibilidade com o ReactOS. Mas outros modelos de placas de vídeo no padrão AGP1x talvez já não seja tão fácil encontrar por já ser um padrão fora de linha a mais de 6 anos – caso algum dos leitores possua uma placa AGP1x de outro fabricante que não a Trident ou em outra capacidade que não de 8MB e queira doá-la para o teste, favor deixar um comentário.

Tabela de compatibilidade

Com os três testes já feitos e atendendo a pedidos, comecei a esboçar uma tabela de compatibilidade de hardware e programas que pode ser encontrada aqui. Assim que os testes forem aumentando e de acordo com a necessidade, irei alterando essa página.

Anúncios

2 thoughts on “Teste duplo, instalação da versão 0.3.3 em Pentium II 333MHZ e K6-2 500MHZ com placa de vídeo dedicada

  1. Aqui o ReactOS rodou em uma M598LMR da PC-Chips com K6-2.
    O problema fica por conta do mouse serial, que não funciona, mas eu usei um live-CD do React versão 0.3.5, eu acho.

    A placa de vídeo era onboard.

    Pra descarrego de duvida : é só porque é liveCD que não tem a opção de instalção ? Ou eu que não achei mesmo ?

  2. Realmente o Live CD do ReactOS ainda nao tem a opcao de instalacao. Para instalar voce deve baixar a versao de instalacao.

Os comentários estão desativados.